segunda-feira, 14 de janeiro de 2013

Bolinhos de Bacalhau, Vedetes dos Bares!

(…) Toma-se o bacalhau cozido, limpa-se de peles e espinhas, mistura-se com batatas cozidas e bastante salsa cortada em pedaços, e passa-se tudo pela máquina de picar. O polme resultante liga-se com leite e gemas de ovos e tempera-se com um pouco de sal fino e pimenta em pó. Bate-se a massa, à qual juntam-se as claras de ovos, previamente batidas em castelo, liga-se tudo rapidamente, tira-se a massa às colheradas, que tendem, fazendo-se passar de uma para outra, (as colheres molham-se no azeite fervente em que os bolos hão de ser fritos) e, em seguida e sucessivamente, põe a frigir. O azeite deve ser abundante, para que os bolos mergulhem nele sem tocar o fundo. Tiram-se do azeite com uma colher crivada e põem-se a escorrer. (…)
    Esta foi a A primeira receita oficial do bolinho de bacalhau, datada de 1904, em um livro chamado Tratado de Cozinha e Copa, de Carlos Bandeira de Melo, um oficial do Exército Portugues, que usava o pseudonimo de Carlos Bento da Maia. A obra de Carlos Melo entraria para a história como a primeira a apresentar uma receita do prato.
  
   No Brasil pode ser encontrada uma variante que apesar de ter o nome de "pastel de bacalhau" é ligeiramente diferente, se referindo a um pastel, alimento típico brasileiro semelhante à empanada latino-americana, que consiste de uma massa recheada com algum ingrediente e frita. Este tipo de pastel teve origem numa receita de emigrantes portugueses que se radicaram em São Paulo e lançaram essa iguaria no Hocca Bar, localizado no Mercado Municipal da Cidade.

  Os bolinhos de bacalhau são um dos petiscos mais pedidos e apreciados nos bares. Os bolinhos de bacalhau são uma especialidade culinária mediterrânea, e podem ser saboreados na Espanha, Itália, França, Portugal, Brasil e Angola. 

      registros de existirem fábricas para processamento do bacalhau na Islândia e na Noruega no Século IX. Os Vikings são considerados os pioneiros na descoberta do cod gadus morhua, espécie que era farta nos mares que navegavam. Como não tinham sal, apenas secavam o peixe ao ar livre, podiam consumir o peixe aos pedaços nas longas viagens que faziam pelos oceanos.

  Atualmente o bacalhau é uma espécie ameaçada de extinção. Em vários países, como o Canadá, há tratados internacionais de controle da pesca, com o objetivo de assegurar a reprodução e a preservação do "Príncipe dos Mares". Estamos bem preocupados com a questão já que, além de não desejarmos não poder saborear mais o bolinho, somos ecológicos e nos preocupamos com a natureza!
Deu vontade de saborear estes quitutes com uma cerveja gelada ou um bom vinho? O FRANGO´S tem!
Porção de Bolinhos de Bacalhau: R$ 6,00
Chopp de Vinho Caneca Zero Grau: R$ 3,50  

Nenhum comentário:

Postar um comentário