sexta-feira, 18 de janeiro de 2013

Cultura, um direito de todos
    O conceito de cultura está intimamente ligado ao conceito de formação. A formação nos leva à educação. Entre a inclusão e a exclusão, quando se fala de cultura, a sociedade se depara com a democracia. Assim por este prisma posicionamo-nos, sobretudo, por um ideal pelo qual devemos lutar, pois não devemos aceitar de forma alguma a inacessibilidade à cultura.
 
A Cultura
 
Devemos ter em mente que cultura é um conceito usado de forma generalizada para exprimir os valores e as práticas humanas. Cultura é tudo o que é produzido pelo ser humano enquanto não é próprio da natureza. A cultura é prática relacionada as artes e ciências humanas, de cunho antropológico e social. 

O Acesso
   
Todos nós temos acesso aos produtos industrializados da cultura, principalmente os divulgados pela mídia. No entanto, a maior parte da população nem fica sabendo o que existe em termos de produtos ou obras de arte, para além daquilo que é oferecido no comércio. A arte é bloqueada pelo avanço da indústria, pois esta aliada ao mercado e à propaganda, não deixa espaço para outras expressões. A indústria, desta forma direciona os interesses do cidadão, através da mídia e da propaganda.

Desinteresse
    Podemos dizer que o desinteresse da sociedade pelas artes é culpa da educação, família e meios de comunicação. O problema da educação, da família, dos meios de comunicação, é o problema geral da sociedade, que não se importa com a formação de seus cidadãos porque ela não dá lucro. Curiosamente, a educação que dá lucro, aquela das escolas privadas, vai muito bem no Brasil. O acesso aos bens em geral, inclusive os culturais, dos que tem poder econômico não é um problema real.

    Desta forma, o problema do acesso à cultura é ele mesmo um problema cultural.  Contra o descaso cultural devemos sim utilizar os meios de comunicação para fazermos mudar esta realidade, de maneira que tenhamos, todos, acesso irrestrito a cultura, as artes, a vida.



Um comentário:

  1. Esperamos que a Zona Oeste possa ser vista como um bairro grande, onde um grande Teatro se faz necessário!

    ResponderExcluir